sexta-feira, 10 de maio de 2013

Ora então foi assim... (parte 2)

Passando agora ao 2º capítulo da maior aventura da nossa vida... (o 1º está aqui)

O dia seguinte foi ocupado ao máximo para passar rápido! De manhã numa esplanada em frente ao mar com uma amiga e com o filhote dela na barriga também, almoço maravilhoso cozinhado por mim (modéstia à parte) para nós e converseta pela tarde fora. Já só faltavam 3 dias! =)

O dia seguinte foi dia de consulta e de acerto de pormenores. Adorei quando, mais uma vez, a Dra J disse que a parteira era meeeeesmo insistente com a amamentação e que não ia descansar enquanto o I pequenino não pegasse. E que eu podia estar descansada, porque ela conseguia. Também me relembrou que entre abrir e o pequenino sair eram 5 minutos =) Foi assim marcado estar na Casa de Saúde às 6:30, podendo avisar pais e irmãs que às 8 poderiam ver com toda a certeza o rebento =) A ansiedade e a felicidade eram cada vez maiores!

Não consegui vir ao Blog porque não queria falar sobre isto (a ansiedade ia crescer ainda mais!), mas também não conseguia falar sobre mais nada. Só queria que o tempo passasse depressa. É nestas alturas que começam a nascer medos que tinham estado escondidos propositadamente até então, tais como as complicações da anestesia, da cirurgia em si, do pequenino nascer e não estar bem... Por isso, quanto menos falasse, melhor!

A véspera do nascimento foi dedicada à família, tanto da parte do I como da minha parte. Foi uma despedida da barriga tal como devia ser feita =) À noite é que foi pior... Não me queria deitar nem por nada, a ver se quando me deitasse caía redonda. E lá consegui. Deitei-me depois da 1h, após ver um episódio de "Call the midwife" que estava a passar (nem de propósito!). E consegui ter uns 2 minutos de insónia, não mais que isso, tal como eu queria ;)

Chegamos muito antes da hora à Casa de Saúde - fomos os primeiros! Entretanto chegou a parteira, que me preparou e lá seguimos para o bloco, para a anestesista passar à epidural. Tenho a dizer que é assustador!! Ter que estar na posição fetal e a pedirem para não me mexer de modo algum, com uma agulha a ser espetada na coluna e não conseguirem à primeira, e à segunda eu começar a pontapear a parteira espontaneamente com a perna esquerda, e ela a "ralhar" comigo e a dizer que eu tinha que estar quieta e eu dizer-lhe que não foi propriamente a minha intenção, que era um reflexo... bem... E depois aquela sensação nas pernas! Nunca pensei que fosse assim! É que parece que há coisas que não se falam, ou se se falam eu nunca tinha ouvido. Fiquei com a sensação que tinha um volume 4 vezes superior de pernas (e que, claro, não eram minhas!). Quem já passou por isso, sentiu o mesmo?


Entretanto, entrou a Dra J e eu só pensei "estou safa"! Sim, porque confio plenamente nela e só de a ver senti-me muito mais segura. E foi aqui que começou o processo da cesariana... =)

Esta foto foi tirada há bocadinho! Não dá vontade de comer?

Acompanhe o Aventuras a 4 no Facebook aqui!

7 comentários:

Anónimo disse...

Ai que vontade de o apertar!!! :D

E de ter o P cá fora também! :D

Beijo grande minha amiga, e não exageraste nada... o almoço estava maravilhoso!!!

CP disse...

Ando a babar que até dói! <3

elsacardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
elsacardoso disse...

Mais um dia de aventuras a 4, contado de uma forma maravilhosa e tão linda...a anestesia epidural deve ser uma sensação muito estranha, não sentir metade do corpo assusta um pouco . As minhas duas cesarianas foram com anestesia geral, perdi o momento do nascimento ...o seu bebé é uma fofura, dá vontade de pegar nele e apertar :) Muitos beijinhos e bom fim de semana, mamã!

Helena disse...

Que delícia e que saudades do meu assim pequenino :)
A minha epidural foi logo à primeira, nem senti, a anestesista era qualquer coisa de fenomenal (e depois escreveu com marcador azul "Henrique", a data, hora e medidas dele na seringa da epidural e deu-ma de recordação), depois senti um formigueiro pelas pernas abaixo e a partir daí só pensei que as dores das contracções já eram e nem me senti desconfortável lol

CP disse...

Olá D. Elsa! O "terceiro capítulo" já está aí! Um dia destes apresento-lhe o meu pequenino :)

CP disse...

Olá Helena!! Pois, mas eu nao tive essas contrações, logo nao deu para relativizar a coisa :/ mas o que interessa é que já passou e eu fazia tudo outra vez :))) beijinho para vocês!

Enviar um comentário