terça-feira, 21 de maio de 2013

A Gia e o Pequeno I - desenvolvimentos #1

Tal como eu falei aqui, a Gia mal ligou ao pequeno I quando o conheceu. De qualquer forma, ele dá-lhe sempre os bons dias (baixo-me com ele ao colo de forma a que ela o consiga cheirar), e, nos outros momentos em que convivem, vou falando com ela, tal como falava antes e dou-lhe mimo como dava antes (mais até, porque agora não tenho medo que ela faça qualquer tipo de força sobre a minha barriga, como nos últimos 9 meses). Dou com ela a observá-lo e a pôr a cabecita de lado quando ele faz daqueles barulhinhos maravilhosos e dou com ela a cheirá-lo por iniciativa própria, o que já me parece um bom começo. E, se dou de mamar na sala (à noite, essencialmente, para não acordar o I), ela vem para os meus pés, e depois de me lamber as pernas todas adormece com os meus pés como almofada. Uma delícia!

Ou seja, teoricamente, tudo a correr bem!

Até que...

Na madrugada de sábado para domingo, vim para a sala amamentar e a Gia, como é habitual, fez-nos companhia. O meu sono era tanto que quando fomos para o quarto, reparei que tinha deixado a chupeta na sala, mas, como às vezes ele fica sem chupeta, deixei estar. Entretanto, o pequenino começa a resmungar e o I foi buscá-la. E eis que se depara com a Gia toda refastelada em cima do sofá onde minutos antes estava eu com o I pequenino. A Gia, que nunca ousou subir para os nossos sofás! E quem a conhece sabe que ela é muito bem comportada e que nunca infringe regras (nunca passa para o hall dos quartos, só come com autorização, e por aí fora). Levou um ralhete e foi para a caminha dela. Ontem, eu e o Baby I saímos de manhã e só regressámos ao fim da tarde. Quando chegamos, a Gia veio à porta, como é habitual, para nos fazer festa, e quando pousei a maxi cosy para o tirar, vejo almofadas do sofá no chão. E quando as vou apanhar, reparo que o sofá está cheio de pêlo e que não é só o sofá: a almofada de amamentação estava carregadinha!! E quando olho para o lado está ela com as orelhas quase no chão, de tão caídas (completo ar de culpa)... Levou novo ralhete e foi de castigo para a caminha dela, que remédio! 

Mas o que será que vai na cabeça dela? Será que quer fazer as mesmas coisas que o bebé? Será que só quer estar perto das coisas que cheiram a ele? Temos tido a alcofa em cima do outro sofá: será que um dia destes a vamos encontrar dentro da alcofa? (Espero que não!) Entretanto, as medidas estão a ser tomadas: sofás a serem limpos, capa da almofada para lavar, e porta da sala sempre fechada, tanto de noite, como quando a Gia fica sozinha em casa, tem que ser!


Ela continua a ser a nossa menina e a ser mimada como sempre. Mas naquela cabecinha deve ir uma enorme confusão "Porque é que eles pegam mais nele ao colo que em mim? Eu  nem choro, só faço xixi e cocó no máximo 3 vezes por dia, e lá fora!!!, e nem preciso que andem comigo de um lado para o outro para arrotar: quando acabo de comer, sento-me sempre à frente deles até conseguir e só depois é que vou à minha vida (isto é mesmo verdade, não sei como nem porquê). Acho que eles deviam dar-me mais valor e por isso vou passar a usar o sofá, tal como eles!".

Acompanhe o Aventuras a 4 no Facebook aqui!

2 comentários:

José Moura disse...

Ao ler o teu post, faz-me lembrar a minha gata que, também é muito mimada pela Ana.
De há uns meses para cá, comecou a fazer xixi nas bordas da sua "casinha" de banho, de modo a que chego ao final do dia com o chão molhado e a casa de banho mal-cheirosa.
Ultimamente a Ana tem-lhe dado menos atenção e ela já sentiu isso, ao ponto de um dia saltar para a barriga dela. Nada de preocupação, mas não sendo normal o colo por ela não gostar, não conseguimos mostrar carinho de outra maneira a não ser as festas e as brincadeiras. Agora sempre que a Ana lhe tenta fazer festas, ferra-a... Quando lhe ralho, foge para o sótão e fica lá o resto do dia, sem comer e beber, mas por opção dela...
Só te digo, animais!! Quem me dera saber o que vai na sua cabecinha :)

CP disse...

Oh! Coitadinha! :) o que me parece é que deve ir tal confusao na cabecinha deles, que nem sabem bem que fazer :/

Enviar um comentário